CORONAVírus

CORONAVírus

O primeiro caso de coronavírus no Brasil foi confirmado na quarta-feira (26) e bate aquele desespero do que fazer nessa situação, é preciso tomar muito cuidado com a quantidade de Fake News que já estão circulando a algum tempo, elas só servem para atrapalhar a prevenção e fortalecer atitudes xenófobicas.

O que é o Coronavírus?

Na verdade é uma família viral, conhecidos desde os anos 60, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais, já sofreu diversas mutações ao longo dos anos, tendo como destaque o surto de SARS entre 2002 e 2003 na China e em 2012, a MERS, do Oriente Médio. O novo coronavírus é uma mutação chamada de Covid-19, que deu-se início na China.

A contaminação se iniciou em um mercado de frutos do mar,confirmando a origem animal do vírus. Pouco tempo depois a transmissão entre seres humanos foi comprovada e o vírus começou a se espalhar, tendo atualmente mais de 80 mil pessoas infectadas em cerca de 40 países.

Como ocorre a transmissão?

A transmissão pode ocorrer pelo ar (tosse, espirro), gotículas de saliva ou catarro, contato pessoal (aperto de mão, beijo ou abraço) ou com superfícies não higienizadas como maçanetas, celulares, corrimões, botões ou apoio em transportes públicos. As chances de contaminação é limitada e só acontece quando há de fato o contato com pessoas que já contém o vírus ou que tenham permanecido por muito tempo no mesmo local que o paciente doente.

Quais são os sintomas e em quanto tempo eles se manifestam? Os sintomas do coronavírus são variados, os mais comuns são: tosse seca ou com secreção; febre acima de 37°; dores no corpo; diarreia; Já os sintomas mais graves são: dificuldade respiratória aguda e insuficiência renal.

O vírus pode levar de 2 a 14 dias para começar a se manifestar, seus sintomas podem ser parecidos com o da gripe comum, por isso o governo brasileiro adotou como caso suspeito que, toda e qualquer pessoa que apresente esses sintomas e tenha viajado para a área de transmissão local ou tenha tido contato com paciente suspeito ou confirmado com vírus deve procurar ajuda médica imediatamente.

Coronavírus oferece risco de morte?

Sim, porém a taxa geral de mortalidade dele é de 2,3%, das 80 mil pessoas infectadas, cerca de 2,7 mil morreram. O risco é maior em crianças e em pessoas com mais de 80 anos. Ainda não há vacinas disponíveis para o combate do coronavírus, por isso se você achar que está com suspeitas procure ajuda médica e você será isolado enquanto houver sinais clínicos. O tratamento disponível até o momento é a indicação de repouso, ingestão de líquidos, além de analgésicos e antitérmicos para aliviar os sintomas.

Como se prevenir?

As recomendações são as mesmas para evitar qualquer tipo de infecção respiratória:

  • Evite contato próximo com pessoas que apresentem infecções respiratórias agudas;
  • Lave as mãos com frequência e utilize álcool em gel 70;
  • Cubra a boca e nariz ao tossir ou espirrar com lado interno do braço;

Compartilhe e ajude a combater a desinformação!

Fontes: https://twitter.com/drauziovarella/status/1233128414862770176
https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/02/27/quais-sao-os-sintomas-da-doenca-causada-pelo-novo-coronavirus.ghtml
http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/areas-de-vigilancia/doencas-de-transmissao-respiratoria/coronavirus.html

Deixe uma resposta